Tudo Para Investir em Opções na Bolsa de Valores

É muito comum que investidores pensem que investir em opções na bolsa é um investimento arriscado. Embora isso também possa ser verdade, investir em opções é também um dos investimentos mais seguros que alguém pode realizar no mercado financeiro.

opcões bolsa de valores

Isso porque tudo depende da maneira como você utiliza as opções em seus investimentos. Muito mais do que um investimento para especular, as opções permitem que você tenha total controle sobre seu potencial ganho ou prejuízo, tornando as oscilações do mercado muito menos arriscadas para seu dinheiro.

Nesse artigo, vamos entender melhor:

i. o que são as opções, quem deve utiliza-las,

ii. como elas funcionam e ainda;

iii. entender detalhadamente como você pode ganhar ou perder dinheiro investindo em opções. (Para saber como declara-las em seu imposto de renda, leia este guia.)

O que são opções?

De um modo objetivo, mas pouco didático:

“Uma opção dá ao comprador o direito de escolher se quer comprar ou vender uma determinada ação por um preço pré acordado em uma determinada data.”

Eu sei que essa explicação não ajuda muito… Então vamos entender isso de uma maneira mais simples:

Imagine que você encontrou um lindo imóvel e queira muito compra-lo. Porém, você somente terá os R$ 300.000 necessários para isso daqui a 4 meses.

Como fazer o proprietário do imóvel esperar?

investir em opcoes

A solução: pagar ao proprietário para ter uma opção de compra!

Vocês combinam que pagando R$ 4.000 hoje, você poderá comprar o imóvel pelos mesmos R$ 300.000, porém daqui a 4 meses. Isso irá lhe dar duas vantagens:

1. Em quatro meses você já terá o dinheiro necessário e poderá comprar o imóvel (algo que não conseguiria agora)

2. Você ainda terá a opção de escolher se ainda quer compra-lo por este preço ou não. Isso quer dizer que caso o imóvel valorize, você pagará mais barato. No entanto, caso ele desvalorize, você perdeu somente o dinheiro gasto na opção de compra.

Este exemplo deixa claro como que realmente há um valor em termos a opção de escolher realizar um negócio no futuro, ou não.

Na bolsa de valores acontece a mesma coisa, porém ao invés de envolver um imóvel, envolvem ações ou índices. Estes acordos que dão ao comprador o poder de escolha são chamados Opções!

Quem deve investir em opções?

Como já disse, investir em opções vale a pena.

As opções permitem que você tenha total controle sobre seu potencial lucro ou prejuízo, podendo até limitar suas perdas sem limitar seus ganhos. No entanto, claro que isso tem um custo; investir em opções não é tão simples quanto comprar ou vender uma ação. Para montar estratégias vencedoras é necessário entender bem o funcionamento deste instrumento financeiro e como utiliza-lo em cada caso.

Outra vantagem das opções é que para investir você não precisa ter muito dinheiro, já que em geral cada opção custa somente alguns centavos. Claro que isso não quer dizer que suas perdas podem ser grandes, caso invista da maneira errada.

Portanto, se você quer realmente investir na bolsa de valores, entender e investir no mercado opções é obrigatório. Estes valiosos instrumentos financeiros irão permitir que você tenha total controle sobre o seu risco, ao invés de deixar que o acaso decida tudo por você.

Agora, caso você não tenha tempo nem paciência para aprender como as opções funcionam, realmente recomendo que fique longe delas e muito provavelmente também seja uma boa ideia ficar longe da bolsa de valores.

opcoes como usar

Tipos de opções

Existem dois tipos de opções praticadas no mercado:

a. Opção de Compra (call)

b. Opção de Venda (put)

Opção de Compra

Também chamada pelo seu nome em inglês: call, este tipo de opção dá a pessoa que a comprar o poder de escolher se quer ou não comprar determinado ativo por um preço já combinado em uma data futura.

Exemplo:

Paguei R$ 5 por uma Opção de Compra de ações da Petrobrás (PETR4), com vencimento para junho no valor de R$ 11. Ou seja, quando chegar junho, poderei escolher se quero, ou não, comprar uma ação PETR4 pelo valor de R$ 11.

Quando o grande dia de minha Opção de Compra chegar, se as ações PETR4 estiverem valendo mais do que R$ 11, vou escolher compra-las e embolsar um bom lucro. Caso contrário, obviamente não vou querer compra-las caso estejam valendo menos do que R$ 11. Perceba que neste segundo caso, tudo o que eu perdi foi os R$ 5 pagos como prêmio pela opção.

Entenderemos mais em detalhes do que pode acontecer nos exemplos dados no final deste artigo.

Opção de Venda

Também chamada pelo seu nome em inglês: put, este tipo de opção dá a pessoa que a comprar o poder de escolher se quer ou não vender determinado ativo por um preço já combinado em uma data futura.

Exemplo:

Paguei R$ 3 por uma Opção de Venda de ações da VALE5, com vencimento para agosto no valor de R$ 30. Ou seja, quando chegar agosto, poderei escolher se quero, ou não, vender uma ação VALE5 pelo valor de R$ 30.

Chegando agosto, se as ações VALE5 estiverem valendo menos do que R$ 30, obviamente vou querer vende-las por este valor. No entanto, caso estejam valendo mais, irei vende-las pelo valor de mercado naquele momento.

Identificando as opções (Tickers)

Para investir em opções na bolsa é importante que você possa identifica-las de acordo com seus respectivos códigos, como PETRC14, VALEO20, ITUBC94

Embora possa parecer complicado, na verdade é bastante simples, já que os códigos das opções são compostos por 3 partes:

O código do papel que ela se refere: como PETR, VALE, etc.

Uma letra indicando o tipo de opção (call ou put) e o mês em que a opção poderá ser exercida, de acordo com a tabela abaixo:

O número indicado o preço combinado (ou preço de strike) que a opção poderá ser exercida.

Então temos:

PETR C 14 = opção de compra de PETR4, em março, por R$ 14

VALE O 20 = opção de venda de VALE5, em março, por R$ 20

ITUB E 94 = opção de compra de ITUB3, em maio, por R$ 94

As 4 posições que você pode estar:

Agora para ter certeza de que você saiba as possibilidades que estão ao seu alcance quando você utiliza estratégias com opções na bolsa de valores, vamos investigar as 4 posições que você pode se colocar:

1. Você comprou um opção de compra

Neste caso você pagou para ter o direito de comprar determinada ação no futuro. O valor pago no momento em que você adquire este direito é chamado de prêmio e é pago ao lançador (ou vendedor) da opção.

Momento 1 – início da posição em 05/04/20XX

Ação objeto: XPTO

Quantidade de ações por opção: 1.000

Preço a Vista: R$ 52

Preço de Exercício da Opção de Compra: R$ 50

Prêmio pago pela opção de compra: R$ 3

Vencimento da opção: 18/12/20XX

Gasto na Aquisição da Opção: R$ 3 x 1.000 = R$ 3.000

Neste exemplo vamos considerar que você manteve a opção até a data do vencimento, ou seja, não a vendeu para outros investidores. Neste caso, existem dois cenários que podem ocorrer quando chegar a data de vencimento de sua opção de compra:

Momento 2 – encerramento da posição e, 18/12/20XX

cenário A – preço a vista é maior que o preço de exercício (R$ 60, por exemplo):

Neste caso é interessante que você exerça sua opção de compra, pagando R$ 50, por uma ação que atualmente vale R$ 60. Neste caso, o lucro seria de R$ 10 por ação, totalizando R$ 10.000 (desconsiderando custos operacionais). Assim o lucro gerado nesta operação seria de R$ 7.000 (10.000 – 3.000).

ATENÇÃO: Vale notar que o exercício de opções não é automático! Caso você não solicite o exercício, ele não será feito e você não terá o lucro da operação, somente o prejuízo de pagar R$ 3.000 em opções que viraram pó por não serem exercidas.

cenário B – preço a vista é menor ou igual ao preço de exercício (R$ 45, por exemplo):

Neste caso não é interessante que você exerça suas opções, deixando que elas expirem e apurando o prejuízo de – R$ 3.000.

Perceba que apesar de perder R$ 3.000, esta perda foi menor do que se você tivesse comprado diretamente as ações da empresa, onde você teria um prejuízo de – R$ 7 por ação, totalizando – R$ 7.000!

O gráfico abaixo mostra o resultado da operação com base no preço da ação no dia de vencimento da opção. Note que não importa quanto o preço da ação caia, seu prejuízo sempre estará limitado a R$ 3.000.

1

fonte: BM&FBovespa

2. Você vendeu uma opção de compra

Neste exemplo imagine que você vendeu uma opção de compra, mas sem possuir as ações que se comprometeu a vender.

Em outras palavras, você lançou opções descobertas, assumindo o compromisso de vender as ações em questão pelo valor combinado, na data estabelecida. (Entenda aqui como alugar ações para fazer vendas cobertas.)

Momento 1 – abertura da operação em 21/10/20XX

Ação objeto: XPTO3

Quantidade de ações por opção: 1.000

Preço a vista: R$ 52

Preço de exercício da opção de compra: R$ 50

Prêmio da opção de compra: R$ 3

Vencimento da opção: 18/12/20XX

Momento 2 – Encerramento da operação em 18/12/20XX

cenário A – o preço a vista está superior ao preço de exercício (R$ 60, por exemplo):

Neste caso a pessoa que comprou suas opções de compra irá exerce-las e você terá que vender as ações pelos R$ 50 combinados. Como você não possui essas ações irá compra-las por R$ 60, resultando em um prejuízo de – R$ 10 por ação e um total de – R$ 10.000.

Como no início desta operação você recebeu um total de R$ 3.000 (R$ 3 x 1.000) pela venda das opções, no total seu prejuízo foi de – R$ 7.000 (10.000 – 3.000) nesta operação.

cenário B – o preço a vista é inferior ao preço de exercício (R$ 45, por exemplo):

Neste caso o investidor que comprou suas opções não irá exerce-las e você ficará com o lucro de R$ 3.000 que obteve na venda das opções.

O gráfico abaixo mostra os resultados desta operação, de acordo com o preço a vista da ação no momento de exercício. Note que seu lucro estará sempre limitado aos R$ 3.000, porém não há limites para o possível prejuízo que uma venda descoberta pode causar!

2

3. Você comprou uma opção de venda

Nesta operação você compra opções de venda, pagando em dinheiro um valor por elas (o prêmio) e em troca recebe o direito de vender determinadas ações no futuro por um preço combinado, caso isso faça sentido para você naquele momento.

Momento 1 – início da posição em 21/10/20XX

Ação Objeto: XPTO

Quantidade de ações por opção: 1.000

Preço a vista: R$ 72

Preço do exercício da opção de venda: R$ 70

Prêmio da opção de venda: R$ 2,50

Vencimento da opção: 18/12/20XX

Momento 2 – encerramento da operação em 18/12/20XX

Cenário A – o preço a vista é superior ao preço de exercício (R$ 80, por exemplo).

Nesta situação não será interessante a você vender as opções por R$ 70 e portanto será melhor deixar que as opções expirem. O resultado desta operação será portanto um prejuízo de – R$ 2.500, referente ao total pago no prêmio pelas opções.

Cenário B – o preço a vista é inferior ao preço de exercício (R$ 62, por exemplo):

Neste caso será uma ótima ideia exercer suas opções, uma vez que você receberá o lucro de R$ 8, por ação, totalizando um ganho de R$ 8.000 e um lucro de R$ 5.500 (8.000 – 2.500) nesta operação.

O gráfico abaixo mostra os resultados possíveis desta operação em função do preço a vista da ação em questão. Perceba que apesar de seu lucro poder aumentar livremente, seu prejuízo está limitado a R$ – 2.500.

3

4. Você vendeu uma opção de venda

Nesta operação você lança (vende) opções de venda e recebe imediatamente um dinheiro por isso (o prêmio pelas opções). Em contrapartida, você se compromete a comprar as ações em questão pelo preço combinado, caso o investidor na contraparte queira vende-las.

Momento 1 – início da operação em 21/10/20XX

Ação objeto: XPTO

Quantidade de ações por opção: 1.000

Preço a vista: R$ 72

Preço de exercício da opção de venda: R$ 70

Prêmio da opção de venda: R$ 2,50

Vencimento da opção: 18/12/20XX

Valor recebido na abertura da operação: R$ 2.500 (R$ 2,50 x 1.000)

Momento 2 – término da operação em 18/12/20XX

Cenário A – o preço a vista é superior ao preço de exercício da opção (R$ 80, por exemplo)

Neste caso o investidor que comprou as opções lançadas por você não irá exerce-las, já que se ele vender suas ações pelo preço a vista irá receber mais dinheiro. Portanto, o seu resultado nesta operação foi um lucro de R$ 2.500.

Cenário B – o preço a vista é inferior ao preço de exercício da opção (R$ 62, por exemplo):

Neste caso o investidor que comprou as opções lançadas por você irá exerce-las. Como você não possui estas ações, terá que compra-las por R$ 70 e vende-las no mercado por R$ 62, resultando em uma perda de R$ 8 por ação e – R$ 8.000 no total. Como no início da operação você recebeu um valor de R$ 2.500 em prêmio pela opção, seu resultado total nesta operação foi um prejuízo de – R$ 5.500.

O gráfico abaixo mostra seu resultado potencial nesta operação em função do preço a vista da ação na data de exercício da opção. Perceba que apesar de seu potencial prejuízo não ter limites, seu lucro está sempre limitado ao valor recebido pelo prêmio da opções.

4

Mais uma coisa sobre opções

Embora o objetivo deste artigo não seja tornar você um profissional em investir em opções, agora você já tem uma excelente noção do que as opções podem fazer por você e seus investimentos.

Existem também uma série de livros bastante didáticos e completos sobre o assunto e além de estudar, a prática também é fundamental para que você realmente domine as estratégias com opções. Lembre-se de sempre controlar o seu risco e não apostar mais do que você realmente pode perder.

E claro, se gostou do artigo fique a vontade para compartilha-lo nas redes sociais pelos botões aqui ao lado e se tiver alguma dúvida, basta escrever nos comentários abaixo! :)

Diego Wawrzeniak (@diegowrz) é autor do Guia do Imposto de Renda na Bolsa.
Trabalhou no mercado financeiro e é economista pela FGV. Além de finanças, também é apaixonado por empreendedorismo, inovação e conversar com outros investidores.

  • Daniel Papa

    acho que eu sou burro, lendo este artigo fiquei na duvida se posso ou nao comprar opções….
    me ajudem aqui por favor….
    eu nao tenho nenhum tipo de AÇÃO em minha carteira, porem tenho r$500,00 e quero fazer esse dinheiro render… se eu comprar opções, posso vender em qualquer momento? se eu venderas opçoes e quando chegar o vencimento dela, EU terei que arcar com a compra de ações para pagar quem as comprou de mim, se for o caso? deu um nó aqui :/

    • Thomás Horta

      Olha, também estou tentando entender como funciona o investimento em opções, mas acho que esse artigo realmente botou essa dúvida na cabeça de muita gente (inclusive na minha).

      Dei uma pesquisada em outros sites e blogs e, pelo que eu entendi, se você comprar opções de determinado série e strike (e portanto se tornar o TITULAR da opção) você pode vender essas opções e ENCERRAR SUA POSIÇÃO relativa a essa ação, ou seja, passar essa ação pra outro investidor (que se tornará o TITULAR) e não terá a obrigação de comprar a ação e vendê-las pra quem comprou as opções de você. Isso porque quem tem essa obrigação é o LANÇADOR das opções, isto é, o investidor que deu origem àquelas opções, realizando a venda inicial delas.

      Mas novamente, nunca investi em opções e também estou tentando aprender e entender como funcionam. As informações acima foi o que entendi deste post: http://mercadoreal.net/?p=1179 . Principalmente através da leitura dos items: Lançamento e Encerramento de Posição.

      Espero ter ajudado!

  • fabiano fabiano

    Quais livros são recomendados para se aprofundar mais no assunto?

  • Roberto Francellino

    Por que vc não fala de venda coberta de opções?

  • David Flavio

    Ótimo artigo, explicou muito claramente como funciona as Opções.

  • Walker Bezerra Cavalcanti

    Muito boas explicáções

  • JOAO MORAES

    JOAO MORAES
    PARABENS , GOSTEI MUITO DE SUAS EXPLICACOES, ESTOU APREENDENDO, BONS EXEMPLOS, OBRIGADO

  • Vasco Soares

    Bom artigo. Muito bem explicado.
    Gostaria de saber livros sobre o assunto.
    Obrigado

  • Denise

    ótimas informações e exemplos

  • AlBene

    Muito bom!!! Quais livros sugere?

  • Julio

    Excelentes estas informações, principalmente os exemplos, muitos claros.

  • sidnei martins da rosa

    Gostaria de saber como faço para começar a investir em opções

  • Victor Sacchetto

    Diego, boa tarde
    Gostaria de investir em opções, porém. sou leigo no assunto. Se possível, gostaria que você citasse alguns livros que podem me ajudar a compreender melhor o assunto!
    Abraço!

  • Raphael

    Didática sensacional… Parabéns ao autor!