Como criar um robô investidor?

Automatizar investimentos para operar na Bolsa é uma tendência crescente no Brasil. Para isso os robôs investidores são utilizados devido a diversas vantagens que trazem. Mas você sabe como criar um robô investidor? Acredite: é mais simples do que parece! Além de ser gratuito e totalmente online, não há necessidade de saber códigos e programação. Confira a seguir:

O que eu preciso saber antes de criar um robô investidor?

Os robôs investidores são softwares (programas ou sistemas) que seguem rigorosamente uma estratégia pré-definida pelo investidor.

Resumidamente, um robô seguirá um conjunto de regras definidos por você. Os seus critérios de entrada — quando comprar e quando vender, critérios de saída — quando sair da operação, perdendo ou ganhando, horários e demais parâmetros. Um robô irá negociar para você, sem que você precise acompanhar o mercado durante todo o pregão. 

Quais as vantagens de operar com robôs investidores?

Uma grande vantagem é a possibilidade de diversificar as operações. Você pode utilizar diversas estratégias em um mesmo ativo, ou diversas estratégias em diferentes ativos; e pode se dedicar a outras coisas.

Outra grande vantagem é não perder oportunidades. É bem comum no mercado de ações um investidor não enxergar uma compra ou venda de um ativo por estar dedicado a outras coisas e até mesmo operando outro ativo. Por fim, um dos maiores benefícios de um robô é retirar o fator emocional do jogo. Assim, você obtém maior consistência no ganho e melhor resultado de acordo com a estratégia.

Para mais detalhes sobre robôs investidores, recomendo a leitura deste Guia Completo sobre Robôs Investidores.

criar robô investidor

O passo-a-passo para criar um robô investidor

Existem alguns itens que devem ser considerados antes de criar um robô investidor. A escolha do ativo a ser negociado; o tempo gráfico a ser analisado; o sentido das sua operações; seus critérios de entrada e saída; alvos e stops; horários iniciais e finais; limites de perda; custos operacionais.

Após as escolhas iniciais, o investidor deve definir em qual plataforma para robôs irá operar. Existem opções simples e online e opções que exigem conhecimentos técnicos e tempo para modificar configurações. Como a intenção aqui é mostrar uma opção simples onde o conhecimento necessário é investimento e não código e software, ensinaremos a criação na SmarttBot.

A SmarttBot é uma plataforma de robôs investidores desenvolvida para operar na  BM&FBOVESPA.

Criar um robô investidor é muito simples. Acompanhe:

1° Criação de conta

Para começar, você precisa ter cadastro na plataforma da SmarttBot. Clique aqui para fazer sua conta. É seguro, gratuito e é possível simular sem custos e sem cadastrar corretora.

CadastronaSmarttBot

2° Criação do Robô

Após o cadastro, basta clicar na aba robôs como demonstrado.

CadastronaSmarttBot

3° Parametrização Inicial

Nesta tela você irá definir o nome do seu robô, o seu capital inicial, custos operacionais e a estratégia a ser utilizada. Você poderá optar por utilizar as estratégias de cruzamento de Médias Móveis,  Bandas de Bollinger, HiLo Activator, Indíce de força relativa e MACD.

Estas estratégias prontas são baseadas em indicadores. Caso precise se aprofundar no tema, confira o post do Bússola sobre utilização de indicadores para automatizar investimentos.

CadastronaSmarttBot

É possível escolher o nome que desejar para o seu robô. Já em relação à estratégia utilizada, o investidor poderá optar por aquela que tem mais familiaridade e utilização.

Quanto ao seu capital inicial, ele irá variar de acordo com o seu capital disponível para investimento. Portanto, esta também é uma escolha sua. Se atente às margens exigidas e possíveis custos operacionais e operações perdedoras.

4° Papel Negociado

Robô definido, agora é o momento de escolher o papel a ser negociado. Ele pode ser Índices, Ações ou Opções.

1 passo

 

Para operar contratos futuros, por exemplo, você poderá optar por “WIN% e WDO% para mini contrato” e “IND% e DOL% para contrato cheio” selecionando a opção BM&F. Mas se optar por negociar ações, basta selecionar a opção Bovespa e inserir o código da ação.

5° Tempo gráfico

 É preciso escolher em qual tempo gráfico operar. Ele pode ser de 1, 5, 10, 15, 30 ou 60 minutos.

2 passo

O  investidor poderá escolher o tempo gráfico que mais se adapta ao seu perfil e a sua estratégia. Vale lembrar que tempos gráficos mais curtos poderão ter um grande número de ordens, além de uma maior exposição a riscos. Já os tempos gráficos mais longos poderão ter uma maior consistência e uma possível menor exposição a riscos.

Se você ainda tem dúvidas, confira o post sobre Tempo Gráfico.

6° Gerenciamento de Ordens

3 passo

O gerenciamento de ordens poderá variar de acordo com a sua exposição a riscos e onde você define quantas ordens comprar ou vender em cada operação do robô. Isto deve estar alinhado com a quantidade de dinheiro que irá investir e quanto pretende ganhar, portanto, lembre-se de verificar a margem exigida pela corretora para operações com contratos futuros.

7° Critérios de Entrada

Os critérios de entrada aqui definidos foram feitos para o robô de médias móveis. Mas a lógica é a mesma para demais indicadores.

CadastronaSmarttBot

Nos critérios de entrada é preciso escolher quando o seu robô vai operar e definir os parâmetros para as suas entradas. Neste exemplo defini duas médias móveis: uma de 12 períodos e outra de 32 períodos. Estes valores variam de acordo com a sua familiaridade com os indicadores e seus respectivos parâmetros. Você pode conferir um exemplo das médias 12×32 neste vídeo.

Importante: estes valores não são uma recomendação.

8° Critérios de Saída

Aqui, mostrarei a definição de critérios para o meu robô de médias móveis. Mas a lógica é a mesma para demais indicadores.

CadastronaSmarttBot

No critério de saída, temos duas opções para definir isso. Você pode sair somente pela média móvel ou pode sair pela média móvel (reversão) e pelo stop definido. Alvos e stops são parâmetros definidos pelo investidor, portanto variam de acordo com a sua estratégia.

É recomendado estudar o gráfico e possíveis operações em tempos anteriores para avaliar uma média de ganho e perda. Desse modo você poderá encontrar um stop e alvo mais consistente.

curso-robo-BANNER

9° Módulo Day Trade

CadastronaSmarttBot

No módulo Day Trade, o investidor pode optar por operar no Day Trade (operações que iniciam e terminam no mesmo dia) ou operar em Swing Trade (operações que se estendem ao longo dos dias).

Para operar apenas em Day Trade você deverá selecionar a opção “Apenas Day Trade” e escolher um horário final para zerar a sua carteira. O horário inicial é muito importante para o seu robô: ele define a partir de que horas o seu robô irá operar. Alguns investidores optam por começar a operar alguns minutos ou até mesmo horas depois da abertura, devido a grandes gaps que podem ocorrer.

O horário final para abrir posições é optativo, assim como o horário inicial. Já no horário final você estabelece um horário que o seu robô não vai gerar novas entradas.

O stop diário de perda e de ganho é tão importante quanto qualquer outro parâmetro. Nele você define o máximo que poderá perder em um dia e tem a possibilidade de utilizar o máximo a ser ganhado em um dia.

Agora que sabe como criar um robô investidor, é hora de fazer os testes antes de operar com dinheiro real.

Bons investimentos!

*Este conteúdo foi originalmente postado no SmarttBlog, conteúdo sobre estratégias e robôs investidores.

Alessandro Camelo é Consultor de Estratégias na SmarttBot e trader no mercado de ações e futuros. É especialista em Análise Gráfica e graduando em Administração de Empresas pelo Centro Universitário Newton Paiva.