Como diversificar investimentos?

Muito conhecidos me perguntam onde investir seu dinheiro, e minha resposta sempre a mesma: depende. Isso por que é preciso primeiro saber o que você vai querer fazer aquele dinheiro, sendo preciso acompanhar e entender cada tipo de investimento antes de diversificar seus investimentos.

No atual cenário econômico, realmente ficou muito complicado de dar sugestões de investimentos, a Bolsa de Valores segue uma trajetória muito volátil e as grandes e tradicionais empresas do mercado, como Petrobras, Vale etc. exibem tendências de queda no curto e médio prazo.

diversificarOs investidores também perderam os benefícios e facilidades dos tradicionais juros altos no país, hoje em dia a poupança rende menos que a taxa de inflação, dependendo do corte temporal que se fizer. De fato, em 2012, a poupança e a Bolsa de Valores (medida pela pontuação do Índice Bovespa) tiveram o pior desempenho entre os mais tradicionais segmentos de investimento.

Os dados e análise econômica estão disponibilizados gratuitamente no eBook “Cenários de Investimentos para 2013”, preparado pelo economista Álvaro Bandeira e pela consultora de investimentos Sandra Blanco, da Órama DTVM.

Nessa conjuntura de instabilidade e incertezas, o investidor precisa correr atrás de informações e alternativas para diversificar seu portfólio  pois como presa a teoria de finanças, diversificar sempre minimiza seus riscos.

.

Vale diversificar investimentos por conta própria?

Você já deve estar se perguntando: mas como montar e gerir sozinho uma carteira de investimentos?

Realmente, essa não é uma tarefa simples e exige tempo. Um bom modo de fazer isso é investindo em Fundos de Investimentos. Como apontado no eBook gratuito, existem vários tipos de fundos, cada um compatível a certo perfil de investimento e investidor.

Assim, para alguém mais conservador, há os fundos de investimento em renda fixa, que buscam a rentabilidade da SELIC ou CDI. Há fundos de investimentos em ações, que só investem em ativos selecionados e acompanhados diariamente por analistas especializados. Também existem os fundos de investimento multimercados, que investem em toda a sorte de ativos, desde títulos públicos até ações.

Assim, fica fácil, fazer apenas um investimento e ter acesso a uma carteira diversificada de ativos. Existem até fundos de investimento em ouro, que são ideai para quem quer ter uma reserva de valor para o futuro e proteger seu dinheiro de variações bruscas e crises (para saber mais veja como realizar  investimentos em ouro).

Diversificando sem espalhar seu dinheiro

Em síntese, aplicando em fundos, basicamente você minimiza seus riscos num ambiente de instabilidade, pois transfere a gestão a analistas competentes e tem acesso a uma carteira diversificada. Por isso, nesta hora de dúvida minha sugestão é a de buscar esse tipo de investimento, mas não se esqueça de estudar como funciona o mercado de fundos e quais são os ativos que cada fundo investe para saber qual a melhor opção para você!

Bons investimentos!

Victor Pereira é um dos responsáveis pelo Bússola do Investidor. Além de investidor e empreendedor, gosta de ensinar sobre investimentos e finanças. Antes de se juntar à nossa equipe, trabalhou no mercado financeiro no Banco BTG Pactual e cursou a graduação em Economia na FEA – USP.

  • Faltou deixar evidente que este é um post patrocinado, Victor.

    Tudo pela transparência!

    Nada contra posts patrocinados mas não transformem o Bússola num simples canal de vendas da Órama, como alguns outros blogs estão fazendo!

    http://www.ricodinheiro.com.br