Quais os Melhores Indicadores para Day Trade?

Atualmente na Análise Técnica existem centenas de indicadores para day trade. Encontrar quais os que você deve usar, não é uma tarefa fácil e requer algum estudo antes de conseguir fazer a escolha certa.

Neste artigo vou trazer alguns pontos importantes que você precisa analisar ao escolher indicadores para day trade, e dar alguns exemplos de indicadores que devem fazer parte da sua caixa de ferramenta para operar na bolsa de valores.

indicadores para day trade

Infinitas Opções

A primeira coisa que você precisa saber é que existem literalmente infinitas opções de indicadores e combinações que você pode utilizar. Além disso, não existe certo e errado. O que realmente existe é o que funciona bem e o que não.

Portanto, nada do que você escutar por aí sobre “determinada combinação de indicadores” ou um “indicador infalível” é verdade.

Não importa o quanto você pesquise, estude ou se esforce, todos os indicadores têm suas limitações e é fundamental conhecê-las bem para saber quando suas ferramentas de navegação podem não estar funcionando corretamente. De nada adiante, por exemplo, utilizar médias móveis para day trade sem saber suas reais indicações e como aproveitá-la para agir.

Um é pouco, dois é bom, três é demais?

day trade indi cadoresCombinar diferentes indicadores de day trade é fundamental para que os sinais de compra e venda sejam mais confiáveis.

No entanto, ainda assim muitos investidores argumentam que “está bem” operar usando um único indicador.

A realidade é que por mais que você tome decisões baseadas em único indicador, é importante ter uma segunda opinião. Além de não custar nada, pode poupar você de muitos erros que um único indicador não conseguiria captar.

No entanto, o contrário também é verdade: em geral combinar muitos indicadores diferentes pode já ser demasiado. Sua análise pode ficar tão abrangente que você acaba perdendo o foco de sua estratégia, sem saber ao certo o que realmente funciona e o que não.

Portanto, em geral, usar entre dois e três indicadores para fazer uma determinada análise está bem. Mais do que isso, vale você se questionar se não estaria exagerando. Veja que nada impede que você utilize outros indicadores para fazer outras análises, o que é completamente diferente de combinar vários em uma única vez.

Características de indicadores para day trade

Dito tudo isso, agora vamos focar nas características que um indicador ou combinação de indicadores para day trade necessita:

  • Período Curto: como cada minuto é importante, você vai ter que trabalhar com gráficos com frequência de alguns minutos. Como candlesticks de 5, 10 ou 15 minutos. Mais do que isso pode ajudar para uma visão mais macro, mas não terão a mesma importância.
  • Sensibilidade aos Movimentos: este ponto já pode variar de acordo com sua estratégia e o tipo de ativo que você está negociando, mas em geral é importante ter pelo menos um indicador mais sensível aos movimentos de mercado (uma média móvel curta, por exemplo).
  • Importância dos Movimento: além de perceber o movimento, é importante utilizar indicadores que determinem qual a relevância deste. Nem todo movimento grande é significativo, e vice versa.
  • Confirmações: outro ponto fundamental é ter um segundo parâmetro para confirmações. Neste caso você só aceitaria os sinais que realmente fossem confirmados por pelo menos dois dos indicadores da análise.

Recomendo a leitura deste artigo, onde explico como combinar diferentes indicadores de análise técnica.

curso-robo-BANNER

Quais indicadores usar?

Com base nas características acima, um bom ponto de partida seria utilizar os indicadores:

Média Móvel Exponencial 10

A média móvel exponencial é um bom indicador para identificar o padrão do movimento de preço, suavizado os movimentos em um linha que dá mais peso aos movimentos mais recentes. Um parâmetro de 10 períodos é um valor suficiente para torna-la bastante sensível e rápida aos movimentos de mercado.

Claro que para ter alguma utilidade, é fundamental combina-la com outros indicadores, que podem ser os seguintes:

ATR – Average True Rate

O indicador ATR é extremamente útil para termos uma ideia da sensibilidade dos movimentos. Podendo ser usado por exemplo para encontrar o ponto de Stop que sua operação deve ter.

Este indicador considera a amplitude da variação normal do ativo, considerado um passado recente, e caso ocorra alguma variação acima do normal, ele te avisa que aquele movimento foi significativo.

Volume

O indicador de Volume não mostra se o preço vai subir ou descer, mas mostra algo que nenhum outro indicador do gráfico mostra: a quantidade de dinheiro que está sendo negociado em cada nível de preço.

Embora isso não diga se o preço vai subir ou descer, o Volume deixa evidente quando um determinado ativo está em um nível de preço importante, ou que algo está acontecendo de anormal naquele papel.

Oscilador Estocástico

O Oscilador Estocástico é um indicador de momento, que mostra a força da tendência do preço em um determinado nível.

Este tipo de indicador é excelente para confirmações, mostrando se realmente aquele sinal foi dado em um momento de força, ou se foi algo que aconteceu pontualmente e logo deve reverter.

Conclusão

Como espero que você tenha observado, o indicador que você escolher utilizar em si não tão importante e sim o conjunto do todo.

O importante é ter estes indicadores para day trade devidamente configurados e combinados, além de conhecer extremamente bem quais as limitações de cada um.

Lembre-se que sempre que precisar conhecer melhor ou testar alguma combinação de indicadores, a plataforma gráfica online do Bússola do investidor é extremamente útil para isso.

Diego Wawrzeniak (@diegowrz) é autor do Guia do Imposto de Renda na Bolsa. Trabalhou no mercado financeiro e é economista pela FGV. Além de finanças, também é apaixonado por empreendedorismo, inovação e conversar com outros investidores.