Indicador Momentum: Identifique os Sinais do Mercado Mais Rápido

Entre as dezenas de indicadores de análise técnica existentes, uma categoria se destaca por ser mais sensível aos sinais de mercado e identificar com mais antecedência os movimentos relevantes. Estou falando dos indicadores de momento.

indicador-de-momentumSão muitos os indicadores de momento que podem ajudar a determinar os pontos corretos de compra e venda e o que é melhor, com mais antecedência do que outros indicadores, como as médias móveis por exemplo. Entre estes indicadores estão os já bastante conhecidos: TRIXÍndice de Força Relativa e Estocástico.

No entanto, existe também um indicador muito útil, porém não tão difundido quanto os que citei acima. Estou falando do indicador de Momentum.

O que é o indicador de Momentum?

Na análise técnica, Momentum representa a medida da velocidade com que os preços estão mudando. Segundo o autor e guru da Análise Técnica, John J. Murphy:

“O Momentum de mercado é medido por meio da diferença no preço em um determinado período de tempo. Para criar uma linha de Momentum de 10 dias, basta subtrair o preço de fechamento de 10 dias atrás, do último preço de fechamento. Este valor, seja positivo ou negativo, é então marcado em um gráfico ao redor da linha de zero. A fórmula para o Momentum é:

M = V – Vx

Onde V é o último preço de fechamento, e Vx é o preço de fechamento de x dias atrás.”

Como Utilizar o Momentum na Análise Técnica?

Como você deve ter percebido, o Momentum mede a taxa de aumento ou queda nos preços de um determinado ativo, sendo muito útil para medir a força da pressão sobre o preço, seja ela de alta ou de baixa.

Uma consideração importante para se ter quando utilizarmos este indicador é que historicamente ele tem se mostrado mais eficiente em mercados de alta do que de baixa, já que mercado de alta costumam durar mais tempo que os mercados de baixa.

Para entender o funcionamento do indicador Momentum, vamos a um exemplo com a ação ABEV3 (AMBEV):

Clique na imagem para ampliar:

indicador de momentum na analise tecnica

Observe que na plataforma de análise técnica do Bússola do Investidor, o indicador oscila em torno da linha de 100, para facilitar a análise.

Sinal de Compra:

Podemos ver que no início do ano, a ação ganhou Momentum, dando início a um sinal de compra marcado pela primeira seta azul.

Esta alta durou até meados de março, quando o indicador perdeu força e cruzou para baixo da linha de 100, resultando em um sinal de venda.

O investidor que conseguiu identificar este sinal a tempo, obteve o lucro de quase R$ 3 (20%) por ação.

Atualmente o Momentum acabou de cruzar para cima a linha de 100, mostrando força. Pode ser um sinal de que é uma boa hora para comprar as ações da empresa, porém ainda vale esperar mais alguns dias para termos uma confirmação, ou melhor ainda, aplicar outro indicador sobre este gráfico.

Para confirmar os sinais do indicador de Momentum, é muito útil combiná-lo com o Índice de Força Relativa (IFR).

Sinal de Venda:

Até meados de maio, o Momentum ficou estável, mostrando que havia pouca pressão sobre as ações da AMBEV. Para o investidor que busca movimento de curto prazo para lucrar, é um sinal que neste momento era hora de ficar longe deste ativo.

Em maio, na segunda seta vermelha, o indicador de Momentum cruza com força para baixo da linha de 100, criando um forte sinal de que aumentou a pressão de venda sobre as ações da ABEV3.

Divergências de Momentum

Apesar de ser útil para dar sinais de entrada e saída, este indicador também possui outra importante característica: indicar divergências.

As divergências entre os movimentos do preço e os movimentos do indicador são uma importante ferramenta da análise técnica.

  • Divergências de alta: enquanto o preço do ativo está subindo, o indicador está em tendência de queda. Mostra que a alta está perdendo força e é um bom momento para sair da posição comprada.
  • Divergências de baixa: enquanto o preço do ativo está caindo,  o indicador está em tendência de alta. Mostra que pode ser um bom momento para encerrar a posição vendida.

Veja alguns exemplos de divergências sinalizadas pelo Momentum no gráfico abaixo:

indicador de momentum

Perceba que entre junho e julho a tendência predominante era quase que estável no preço da ação, enquanto que o Momentum mostrava uma clara tendência de alta. Neste caso indicador estava sinalizando que havia um aumento na pressão compradora, e a possibilidade de uma reversão para uma tendência de alta.

No momento em que esta pressão deixou de existir o Momentum começou a cair novamente (final da primeira linha azul), sinalizando que agora a pressão compradora havia perdido força.

Já entre agosto e setembro, mais uma vez o indicador mostrou um aumento na pressão compradora, mesmo com a tendência de baixa predominante no preço. Desta vez, a pressão compradora foi forte o suficiente para reverter a tendência de baixa e criar uma nova tendência de alta no final do período.

Agora coloque em prática o que aprendeu

Agora que você já sabe como o indicador de Momentum funciona, que tal utiliza-lo?

Acesse a plataforma de análise técnica aqui e procure descobrir os sinais de compra e venda para a sua ação favorita.

Diego Wawrzeniak (@diegowrz) é autor do Guia do Imposto de Renda na Bolsa. Trabalhou no mercado financeiro e é economista pela FGV. Além de finanças, também é apaixonado por empreendedorismo, inovação e conversar com outros investidores.