Estratégias Para Operar Swing Trade

Já falamos um pouco sobre as operações day trade, agora chegou a hora de você conhecer uma outra estratégia para investir na bolsa: as operações de Swing Trade.

Esta técnica costuma ser mais tranquila que o day trade, pois emplica em menos movimentações e muitas vezes demandam menos trabalho para acompanhar cada minuto do mercado.

Continue lendo para descobrir se o swing trade é idel para você:

O que é swing trade

swing tradeDiferente das operações day trade que começam e terminam em um mesmo dia, as operações de swing trade buscam aproveitar ao máximo as variações nas tendências, que podem chegar até a durar semanas.

Por conta disso, operações de swing trade são de curto a médio prazo (em média de 2 a 5 dias) e utilizam gráficos diários intraday (gráficos com frequência inferior a um dia).

Por buscar aproveitar os movimentos na tendência, esta técnica permite aproveitar as variações de longo prazo, mas sem ficar passivo as variações de curto prazo.

Pré requisitos

Para praticar o swing trade é importante que você tenha pelo menos algum conhecimento básico sobre alguns dos elementos da análise técnica:

curso-robo-BANNER

Indicadores recomendados

Não existe uma fórmula mágica aqui e cada analista utiliza seu próprio set up (combinação de indicadores). Porém juntando estes três indicadores já é um ótimo começo para você sentir qual será a sua estratégia:

  • Índice de Força Relativa (IFR):

Calibragem recomendada: 14 períodos. Importante para identificar níveis de sobrecompra e sobrevenda, e principalmente as divergências. Para aprender mais sobre o IFR, leia este artigo.

  • Bandas de Bollinger:

Calibragem recomendada: desvio de 2 e 13 períodos. Importante para acompanhar as fugas. Vale a pena treinar com o passado recente do ativo PETR4, em que as fugas da banda inferior identificaram ótimos momentos de compra.

Para conhecer mais sobre as Bandas de Bollinger, leia este artigo.

  • Médias Móveis:

Curto prazo (tendência terciária): calibragem recomendada de 13 períodos. Ótimo como stop para operações de swing trade.

Médio prazo (tendência secundária): calibragem recomendada de 60 períodos.

E longo prazo (tendência primária): calibragem recomendada de 200 períodos.

Conheça mais sobre as médias móveis neste artigo.

Candlesticks de reversão

As figuras dos candles de reversão alertam o investidor quando alguma mudança na tendência pode ocorrer, devido a alterações no padrão do mercado.

Embora não exista uma figura que dê certeza sobre a reversão, algumas delas costumam ser bastante eficientes nas condições normais:

Referências interessantes

Para os interessados em aprender mais sobre swing trade, existem muitos materiais interessantes na internet:

Mostra de uma maneira aplicada como o swing trade pode ser aplicado em diversas situações. É totalmente gratuito para download, porém não existe na versão em português.

Criado pelo trader Fabiano Oliveira, este curso é bastante aplicado e ainda dá acesso a sala ao vivo onde você pode acompanhar  o professor durante o pregão.

Esta plataforma é online e possui versão gratuita para que você comece a treinar suas primeiras estratégias de swing trade no mercado real.

Diego Wawrzeniak (@diegowrz) é autor do Guia do Imposto de Renda na Bolsa. Trabalhou no mercado financeiro e é economista pela FGV. Além de finanças, também é apaixonado por empreendedorismo, inovação e conversar com outros investidores.

  • Emerson Alexandre Cararo

    Não se usa stop nas operações swing? Não vejo falar em stop nessa modalidade, na corretora que cadastrei tbm não tem a opções de stop no HB para swing.