Como escolher soluções financeiras ideais?

*Este post é um publieditorial

Investir é um assunto recorrente aqui no Bússola, mas é importante deixar claro que antes de começar qualquer investimento é preciso ser organizado financeiramente. E, em tempos de crise, com tantos preços altos e até dívidas surgindo, como deixar a conta no azul e até ter um dinheiro extra?

Depois de um primeiro acompanhamento mensal para separar gastos fixos e gastos  variáveis, é hora de ser sincero: você precisa de um empréstimo? A aquisição de crédito pode ser a solução para você acabar com dívidas, trocar juros maiores por menores, organizar a vida financeira e, finalmente, poupar.

Como escolher o crédito ideal?

A resposta deve ser norteada, seguindo os critérios:

  • o crédito precisa ser fácil para ser adquirido;
  • você deve contar com uma instituição de confiança;
  • ele deve ser ideal para o seu tipo de necessidade. Um gerente precisa avaliar o seu problema, quanto precisa e em quanto tempo irá pagar;
  • é importante planejar o uso desse dinheiro e gerenciar o pagamento dele;

O que o empréstimo deve representar?

Por fim, lembre-se que um empréstimo nunca  pode ser visto como algo negativo ou que deva ser evitado. Todos estamos sujeitos a imprevistos e para não ter que arcar com dívidas “bola de neve” vale a pena se programar para lidar com juros que possam ser pagos sem arruinar seu plano financeiro.

A importância de uma boa escolha financeira

Com um plano financeiro em mãos e sabendo o que é importante para definir como pagar dívidas e, depois, poder voltar a poupar, é hora da ação!

O tipo de crédito ideal é aquele que resolve o seu problema e não deixa você no vermelho novamente. A dica é pesquisar sempre antes de procurar um empréstimo!

 

Você já precisou procurar por crédito para aliviar a situação? Como resolveu seu problema financeiro? Comente!