Como Entender a Bolsa de Valores e Começar a Ser um Investidor Inteligente em 4 Simples Passos?

Qualquer pessoa que pensa em começar a investir na bolsa de valores é logo surpreendida pela quantidade avassaladora de informações e pelos vários termos complexos que envolvem o assunto.

Acredite, quando comecei a investir eu também me vi nessa mesma situação!

Assim como a maioria das pessoas, também acabei seguindo aquilo que parecia ser o caminho mais fácil de entender e mais rápido para ganhar dinheiro investindo em ações…

Então…se você pensou na análise gráfica, acertou! Logo estava eu me aventurando em meio a gráficos tentando adivinhar qual a ação certa pra “investir”…

Afinal, tudo que queria saber era: qual a próxima ação que iria disparar e me dar uma “bolada” rápida e fácil no mercado de ações?

Mal sabia eu naquela época que esse apetite em ir logo “direto ao pote” pensando somente nos potenciais retornos…

Era o melhor caminho para o FRA-CAS-SO!!!

Sim, exatamente! E o nome desse caminho se chama especulação!

Apesar de ter “apostado” em algumas ações da moda cujos preços dispararam na época, as mesmas não demoraram em acabar dando prejuízo…

Eu me lembro bem de um caso emblemático: era início de 2010 e o “coringa da vez” eram as ações da Brasil Ecodiesel. As ações valiam centavos. Eram ótimas porque podia comprar várias delas com meu pouco dinheiro que restava das monitorias que dava na faculdade.

Apesar das ações terem dobrado de preço a alegria durou pouco. Não demorou muito e o governo suspendeu a certificação da empresa para produzir biodiesel!

O resultado você já sabe: acabei perdendo meu “suado dinheiro” na época!

Agora, isso só contribuiu para aguçar meu apetite e querer entender ainda mais como tudo aquilo funcionava.

Devia haver um jeito de ganhar dinheiro com aquilo… Afinal, “como aqueles grandes investidores faziam fortuna investindo em ações”?

Foi esse apetite por desbravar esse mundo repleto de múltiplos dígitos percentuais e centenas de casos de afortunados que me levou a estudar Economia e, mais tarde trabalhar no mercado financeiro!

banner-guia-analise-tecnica-bdi

Com o passar do tempo, trabalhando no mercado (alguns fundos de investimento independentes), fui descobrindo uma nova realidade.

Como disse Benjamin Graham, o pai da chamada escola de investimento em valor e também mentor de Warren Buffett, o maior inimigo do investidor é ele próprio.

Se não entendermos mais a fundo – de forma inteligente – o que realmente está em jogo quando o assunto é ações, estaremos fadados ao fracasso.

“O propósito desse artigo é mostrar para você leitor quais os 4 passos fundamentais para você entender a bolsa de valores, evitar as armadilhas e ser de fato um investidor inteligente na bolsa de valores.”

Parece interessante? Então continue lendo! Vou falar para você sobre como entender a bolsa de valores.

Nota: Existem analistas técnicos que fazem um trabalho competente. A questão aqui é que julgo existir muitas outras coisas (e até mais importantes) além disso…

Esse assunto daria um artigo completo (quem sabe em breve)! Em resumo, aqui apenas exponho minha opinião do que acredito ser essencial e que faz toda diferença para você ser um bom investidor.

 

#1 – O Que Existe (de Fato) Por Trás da Bolsa de Valores?

O dia-a-dia da bolsa de valores: um mercado entre a racionalidade, as manias e euforias.
“O dia-a-dia da bolsa de valores: um mercado entre a racionalidade, as manias, euforias e pânicos”

A eufórica dinâmica do mercado de ações, com seu sobe e desce diário e as luzes vermelhas e verdes piscando no monitor podem nos fazer muitas vezes esquecer: “o que realmente é a bolsa de valores?”

Por detrás das cotações das ações não existem apenas corretores gritando “compra” ou “vende”!

Nada mais lendário e surreal que isso! O que existe são empresas. Com tijolos e pessoas! Essa é a realidade objetiva por detrás das ações.

É gente trabalhando no comercial, na fábrica, na limpeza. É produto sendo vendido, cliente pagando e lucro (ou prejuízo) entrando para o caixa da empresa no final do dia!

Empresas lançam ações na bolsa, o que também é chamado de abertura de capital ou IPO (Initial Public Offering), para captar dinheiro dos investidores de forma barata.

O dinheiro que você pagou pela ação vai para o caixa da empresa (quando ela lançou ações em bolsa pela 1ª vez). Se você tem uma ação, você é um sócio (dono) de parte dela!

Uma ação é então a menor participação possível no capital social de uma empresa.

Sendo assim, todo acionista tem direito à uma parte dos lucros futuros que aquela companhia gerar.

A grande questão é que o futuro é incerto! Ninguém é capaz de saber exatamente o quanto será vendido. Qual será a concorrência. Se os custos da matéria-prima irão subir demais.

É por esse motivo que os preços das ações sobem e descem diariamente!

As notícias e fatos que chegam ao conhecimento dos investidores, corretores e analistas faz com que eles revisem suas percepções sobre a lucratividade dessas empresas. Todo santo dia!

Se elas devem entregar menos lucro, então devem valer menos!

As pessoas saem vendendo suas ações (e comprando quando acreditam que devam valer mais). E não se assuste, é assim mesmo! Essa é a lógica. É simples assim!

Embora existam diferentes métodos para precificar tais perspectivas de geração de caixa e lucratividade dessas empresas, nenhum deles é exato.

Investidores compram negócios. Especuladores compram papéis.

Uma vez que você entendeu o básico da bolsa de valores, então já pode dar o próximo passo!

 

# 2 – Porque a Bolsa de Valores é um Investimento Não-intuitivo?

Quando comprar ou vender uma ação? A Bolsa de Valores é um mercado simples porém longe de ser intuitivo"
“Quando devo comprar ou vender uma ação? A Bolsa de Valores é um mercado simples porém longe de ser intuitivo”

Apesar da bolsa de valores ser um mercado como outro qualquer, ou seja, extremamente simples, ele não é intuitivo.

Por que? Porque em geral, queremos comprar ações quando vemos que seus preços estão subindo.

Acontece que é justamente nesse momento que nosso risco está, na verdade… aumentando!

Veja: quanto maior o preço de uma ação, menor é seu potencial de valorização!

Afinal, tudo que queremos é comprar ações de empresas a preços baratos e muito inferior ao seu valor real (valor intrínseco).

Agora, o que é esse tal de “valor real” de um negócio que todos falam mas poucos explicam?!

Falando de forma simples, é uma conta: consiste em prever uma série de fluxos de caixa futuros dessa empresa e somar todos eles a valor presente.

Valor presente? Sim!

O valor de uma nota de R$5 amanhã é menor que hoje. Todos queremos consumir agora! Existe um custo de oportunidade! É por isso que sua poupança rende juros… e da mesma forma, devemos trazer os fluxos de caixa futuros para o presente (corrigidos por uma taxa de juros).

Agora, apesar disso parecer simples, toda essa conta é trabalhosa de se fazer…

Por isso eu recomendo você pensar sempre em termos de boas empresas, porque são essas as que entregam esses fluxos de caixa com maior estabilidade!

Se você quer ser um investidor inteligente precisa saber identificar ações de boas empresas principalmente nos momentos em que ninguém estiver interessado em comprá-las!

E para isso é que você precisa de um ingrediente fundamental: você precisa ter as atitudes mentais e psicológicas corretas para não se juntar de forma inocente à manada!

 

# 3 – Qual a Influência da Psicologia no Mercado de Ações?

Economia comportamental
“A maneira como o nosso cérebro funciona determina nossa forma de fazer escolhas, inclusive em nossos investimentos”

Até agora você já aprendeu que os investidores recebem diversas informações diárias sobre as quais avaliam as empresas.

Acontece que o ser humano não tem tempo ou capacidade intelectual suficiente para processar todas as informações de forma completa e correta!

Por esse fato é que o economista Herbert Simon definiu o conceito de racionalidade limitada. Na mesma linha, os pesquisadores Daniel Kahneman e Samuel Tversky mostraram o efeito das emoções e da forma como as informações são apresentadas sobre as decisões humanas.

Então, como isso influi nos preços das ações, exatamente?

Com nossa racionalidade limitada e nossas emoções tomamos decisões erradas e viesadas, principalmente em situações de risco, como é a bolsa de valores.

Um exemplo? É instintivo do reino animal se juntar à manada em situações de risco, quando um predador persegue uma presa.

No mercado de ações não é diferente: quando todos começam a vender e o preço cai um pouco, logo somos tentados a vender também. Esse é o chamado efeito manada.

Em geral tendemos a acompanhar a manada. Sentimos mais confortáveis com isso. Assim os movimentos ganham maior força na baixa, quando todos passam a vender. Na alta, quando todos passam a comprar.

Assim, muitas vezes realizamos o prejuízo apenas para ver a ação voltar a subir logo depois!

Não apenas na bolsa de valores, a Economia Comportamental explica porque e como agimos diante de diferentes situações e experiências.

Como você pode então se livrar da influência da emoção na bolsa de valores? Aqui é que entra a importância de você ter uma estratégia eficaz de investimento em ações!

 

# 4 – Como Você Pode Se Utilizar Disso para Ter uma Estratégia Eficiente e Segura de Investimento em Ações?

Warren Buffett, o maior investidor da atualidade e gestor da Berkshire Hathaway, é dono de um patrimônio de mais de US$71 bilhões
“Investimento em Valor: Warren Buffett, o maior investidor da atualidade e gestor da Berkshire Hathaway, é dono de um patrimônio de mais de US$71 bilhões”

É justamente pela questão da incerteza e da psicologia humana que existe tanta variação de preços no mercado de ações.

Se somos incapazes de ter assertividade sobre o futuro e se o nosso comportamento faz com que superestimemos os acontecimentos…

Então, o que podemos tirar de conclusão disso?

O mercado é ineficiente no curto-prazo! Muitas ações acabam sendo negociadas a preços descolados da realidade de lucratividade do seu negócio.

É exatamente esse fenômeno recorrente que permite você ter uma estratégia eficaz de investimento. Não é nada diferente disso o que grandes investidores como Warren Buffett, Seth Klarman, Charlie Munger, Jorge Paulo Lemann, Mark Mobius fazem.

A estratégia chamada de investimento em valor consiste especificamente nisso: comprar ações de boas empresas quando seus preços estiverem baratos (abaixo de seu valor intrínseco).

Agindo dessa forma, você tem uma margem de segurança. Se você paga barato tem maior probabilidade de que o investimento se mostrará rentável no futuro próximo, isto é, seu risco de perder dinheiro é menor.

É exatamente isso que você também deve sempre procurar fazer para ser um investidor inteligente!

 

Conclusão

É claro que isso não é tudo sobre o mercado de ações, embora mostre (e muito!) qual o caminho que eu recomendo você trilhar.

O propósito desse artigo foi evidenciar os pontos ocultos para a maioria dos investidores (aquilo que eu não sabia quando comecei a investir e que faz toda diferença)!

Por isso eu convido você a conhecer o meu site do Investidor Inteligente e deixar o seu e-mail por lá para receber mais conteúdos como esse!

Se você ainda não viu, também tenho um ebook sobre Como Ganhar com a Alta do Dólar Investindo em Ações. Se achar interessante, lá explico todas as ações beneficiadas pela alta do dólar!

E não se esqueça de deixar seu comentário aqui abaixo! Você acrescentaria algo ou gostaria de saber algo a mais? Leio todos eles e será um prazer contar com você nessa conversa!

 

Lucas Andrade é fundador do site Investidor Inteligente. Tendo trabalhado no mercado financeiro e cursado Economia pela FGV-SP, atualmente é investidor e tem como missão levar a Bolsa de Valores e outros investimentos a diversas pessoas que ainda não os conhecem ou querem aprimorar seu conhecimento nessa área.

  • Douglas de souza gonçalves

    Estou super interessado em investir ma bolsa de valores , e estou pesquisando mais e mais sobre esse assunto e gostei da suas dicas .
    Irei pesquisar mais e mais e saber oque devo realmente fazer , e lembrando que essas 4 dicas em que você sitou já me ajudou muito obrigado .

  • Alex Dagoberto Monares Olea

    Depois que entendi como funciona a “Macro economia” de um pais, começo a me interessar pelo investimento em ações, o linguajar técnico muitas vezes se transforma em um tremendo obstáculo…e depois de transpor essa barreira, fica mais fácil traçar estratégias futuras, sempre é claro, usando a inteligência e se mantendo super bem informado.

  • Hannder Lopes

    Bom dia, Estou começando economia, tenho o CPA-10 e estou cursando CEA, de especialista em investimentos e apesar de tudo isso, no momento não estou conseguindo um emprego na área, gostaria de dicas de como me comportar e como me preparar melhor para esse mercado e outros empregos em áreas afins. Obrigado e muito bom o artigo.

  • Hannder Lopes

    Bom dia, Estou começando economia, tenho o CPA-10 e estou cursando CEA, de especialista em investimentos e apesar de tudo isso, no momento não estou conseguindo um emprego na área, gostaria de dicas de como me comportar e como me preparar melhor para esse mercado e outros empregos em áreas afins. Obrigado e muito bom o artigo.

  • Victor Neres

    Muito bom!, quero cursar direito ou economia e estou inclinando para a área da economia pois acabei de assistir ‘Wall Street, poder e Cobiça’ e ‘Wall Street o dinheiro nunca dorme’ e fiquei muito interessado no Grande mercado de ações, sempre me chamou atenção esse universo de especulação e toda a elegância que envolve.

  • Victor Neres

    Muito bom!, quero cursar direito ou economia e estou inclinando para a área da economia pois acabei de assistir ‘Wall Street, poder e Cobiça’ e ‘Wall Street o dinheiro nunca dorme’ e fiquei muito interessado no Grande mercado de ações, sempre me chamou atenção esse universo de especulação e toda a elegância que envolve.

  • Leandro Cachulo

    Muito bom os pontos colocados!!!! Uma síntese de muitas coisas que li em alguns outros sites. Parabéns pelo excelente esclarecimento.

  • Adonias Barbosa Dias

    Boa noite Lucas Andrade ,nao tenho ideia como investir em bolsa ,mas sempre pensei da forma que voce explanou,que devemos comprar quando as acoes estiverem baixa(abaixo de seu valor intreseco) so nao sabia do efeito manada ,qual a solução neste momento , e como entender os graficos?

  • Gabriel Borghi

    Lucas, estou no terceiro ano do ensino médio e pretendo cursar Economia para ter conhecimento para investir na bolsa, o que você pode me recomendar para ajudar na formação como investidor desde cedo?
    Adorei o artigo, a linguagem simples ajudou muito para entender alguns termos que sempre tive dúvida, obrigado pela postagem.

  • Eduardo Paravidini

    Olá Lucas sou empresário no ramo de transportes rodoviários e logístico e quero muito expandi os meus negócios e um desses seguimento é a bolsa de valores muito obrigado pelo artigo publicado me ajudou a compreender o início do investimento.

  • Adaires Lima

    Artigo excelente. Linguagem simples e direta. Ajudou bastante. Quero muito aprender a investir em ações e esse primeiro passo foi significativo. Obrigada. Vou acompanhar suas publicações.

  • Pablo Rocha

    Bom dia Lucas, sua missão de levar conhecimento a quem quer entrar nesse mercado, pelo menos comigo está funcionando.
    Obrigado por partilhar conosco um pouco de todo o conhecimento adquirido ao longo do tempo.

    abs

  • Parabéns pelo artigo bem detalhado.

  • Paola

    Olá Lucas
    Desde já agradeço sua atenção em relação ao assunto
    tenho 22 anos e nunca investi na bolsa até porque não consigo entender como ela funciona ou o que são os números mas de alguns meses para cá venho me interessando por este tipo te aplicação
    Gostaria muito de saber como proceder de início pois apenas vou atrás de informação mas não me sinto segura em como fazer isso
    É algo novo pra mim mas percebi que vc pode conquistar muitos recursos

  • Evair

    Boa tarde, Lucas! O que vc comentaria atualmente sobre a USIM5 ? Faz um tempo que ela não apresenta lucro, mas por se tratar de siderurgia, que é um setor dos mais cíclicos, valeria a pena adquiri-la pela baixa ou a tendência é cair mais?

  • Josué Domingues

    Olá, Lucas, estou pensando muito em adentrar profissionalmente no mercado financeiro e me tornar um consultor. Tenho graduação em Geografia pela USP, você que é preciso (em termos de se possuir maior credibilidade) cursar uma nova faculdade (Economia, no caso) ou partir para pós-graduações e certificações já é o suficiente?

  • Bom dia Lucas, Sou formado em Administração de Empresas, e tenho muito interesse em investir na bolsa de valores,porém tenho um pouco de medo. Queria saber como viver apenas investindo na bolsa ou pelo menos garantir minha aposentadoria. tenho muito interesse em aprender tudo sobre investimento na bolsa de valores. Obrigado desde já.

    • Boa tarde Zildo,

      Obrigado pelo comentário! De fato, é normal termos medo principalmente quando iniciantes nessa área. Com uma boa preparação e estudo você se sentirá mais seguro, entretanto a confiança se conquista com a prática. Comece pequeno e devagar, os erros acontecerão e é com eles que você irá aprender, por isso é importante minimizar seus erros começando pequeno e aprendendo – que é o que você está buscando e devo parabenizá-lo por isso.

      Se quiser receber mais conteúdos sobre mercado de ações convido você a dar uma passada pelo meu site: investidor-inteligente.com

      Abraço e sucesso!

  • Renato lima

    Olá, gostei do seu artigo, acho que de forma simples deu dicas super impotantes para quem quer entender um pouco mais como funciona esse mundo de compra e vendas de ações.

    • Olá Renato!

      Obrigado por comentar, fico feliz que tenha gostado! Se quiser receber mais conteúdos sobre mercado de ações convido você a dar uma passada pelo meu site: investidor-inteligente.com.

      Abraço!

  • Carlos Campos

    Olá Lucas, achei muito “inteligente” o seu artigo, é o que tenho buscado ultimamente, ainda mais lendo sobre Warren Buffett e sua estratégia de comprar ações de empresas quando o seu valor real esta baixo, porém, o que eu quero mesmo é aprender como identificar essa situação, quais são os dados que devo levar em consideração? Onde encontrar tais dados? Existe algum artigo seu que fala sobre isso mais aprofundado? Baixei “O Manual do Investido Inteligente”, mas ainda não o li, será que a resposta esta nele?
    Um abraço e obrigado.

    • Olá Carlos. Obrigado pelo seu comentário!

      Acredito que o meu Manual do Investidor Inteligente com certeza vai ajudá-lo a pensar melhor algumas questões sobre esse assunto. Também escrevi um artigo no meu site recentemente que acho que irá ajudá-lo a entender melhor a questão: http://investidor-inteligente.com/como-escolher-as-melhores-acoes-para-investir/. Dê uma olhada, e se gostar deixe um comentário por lá :)

      Sobre a parte prática mais quantitativa, em breve vou lançar um treinamento gratuito que vai ajudar você. E mais uma vez, obrigado por comentar… Abraço!

  • LEO

    Uma dica para grande investimento em ações, e opções, e realizar lucro assim que for possível,, não ser ganancioso,, porque em uma emergência presisar vendè-las e estiver negativas, o lucro realizado antes cobre o prejuízo.

    • Oi Leo, obrigado pelo comentário! É verdade, a ganância pode ser bastante prejudicial… Sempre é necessário sabem a hora de sair. Agora, é legal ter em mente também que muitas companhias, a médio e longo prazo, caso ficasse comprado, dariam um retorno muito superior que ficar pulando de galho em galho, mas isso só acontece em empresas que dizemos ser criadoras de valor. É dessas empresas que o Buffett gosta e, por isso mesmo, diz que o prazo ótimo para ele é ficar com a ação “para sempre” ! Se quiser dê uma conferida nesse artigo aqui: http://investidor-inteligente.com/como-escolher-as-melhores-acoes-para-investir/. Abraço!

  • Sidney

    Boa Tarde Lucas Andrade,

    Desde já gostaria de agradecer pelo conteúdo aqui escrito,um grande conhecimento e palavras sábias com simplicidade,que você possa continuar com essa humildade de poder nos ajudar

    Obrigado

    Sidney

    • Olá, Sidney. Agradeço muito pela leitura e pelo reconhecimento! Fico feliz de saber que estou conseguindo ajudar com esses conteúdos. Continue acompanhando! Abraço.

  • ewerton

    Muito boa a explanação sobre o assunto , estou fazendo diversas pesquisas sobre os investimentos mais rentáveis, e espero ler mais textos como este .

    • Obrigado pelo comentário, Ewerton. E parabéns por estar pesquisando sobre como investir melhor, essa é a atitude certa! Sucesso em seus investimentos! Abraço.

  • Antonio Carlos Nogueira.

    Prezado, estou no mercado há muito tempo, e gosto da área financeira pois militei nela como simples funcionário até chegar a carto de diretor. Trabalhei em bancos (comercial e investimentos e financeira) corretoras de valores.(duas). Ainda hoje dedico a maior parte de meu tempo estudando o mercado, a economia do pais e do exterior (globalização) e estou sempre ligado em oportunidades de negócios analisando principalmente as perspectivas setoriais da econômica para tomar decisão em investimentos.
    Parabéns pelo seu trabalho, deve ajudar muitos investidores, é disso que precisamos pois a educação de investimentos e financeira ajudará a todos os participantes.

    • Olá Antonio,

      Agradeço muito pelo seu comentário! São comentários como esses que me fazem ter força e ânimo em continuar com esse projeto. Está apenas começando…

      Obrigado por comentar! Grande abraço!

  • Excelente artigo!

    Creio que o ponto que mais chama atenção é a questão da bolsa ser um investimento não-intuitivo.
    Muitas pessoas quando começam a investir na bolsa, se arriscam em blue chips ou nas ações que os jornais dizem estar subindo. Esse é o maior erro.
    A falta de estratégia e a tendência a ”seguir a boiada” fazem com que essas pessoas fracassem e espalham a idéia de que não é seguro investir na bolsa de valores.
    Para investir corretamente é preciso ter pensamento crítico e se acostumar a ir contra as tendências de mercado, assim como adotar uma estratégia e segui-la.

    MAs é claro, investir desse modo, seguindo o senso comum, sem nenhum tipo de análise ou estratégia definida, é a fórmula pra o fracasso, não acha?

    • Olá Hevlin,

      Ótimo comentário. Realmente é preciso saber a forma certa de pensar e agir. A proposta do Investidor Inteligente – e também do Bússola que tem me dado a oportunidade de propagar minha mensagem – é trazer uma nova luz à Bolsa de Valores!

      Nem sempre é necessário ir contra as tendências do mercado… Continue acompanhando!

      Abraço!

  • Marlene Holzhausen

    Gostei do artigo. Gostaria de receber mais informações
    Abs

  • Alexandre

    Gostei da sua sinceridade e clareza expondo com simplicidade as suas experiências de modo que vai-me ser muito útil nos investimentos. Atenciosamente,

    • Olá Alexandre,

      De fato a proposta do meu trabalho é trazer a bolsa de forma simples e transparente. Fico muito feliz em saber que estou ajudando. Obrigado por comentar e continue acompanhando!

      Abraço!

  • Heitor

    “Veja: quanto maior o preço de uma ação, menor é seu potencial de valorização!”

    As ações da Berkshire Hathaway não seguem esta lógica…. Aliás, nenhuma ação segue… basta desdobrar…
    Assim como ações de 0,01 centavo “não podem cair mais”… Mentira, basta agrupar!

    Explique melhor…

    No geral, o artigo se destaca por tentar retirar o pequeno investidor da manada…

    • Oi Heitor,

      De fato compreendo você no seu ponto. A questão é que, em geral, tudo mais constante, quanto maior o preço dos ativos, menor o potencial de retorno do investimento. Veja, essa é uma análise válida para um dado momento do tempo (hoje). Amanhã ou depois a empresa pode ter mais lucros e então se tornar mais barata novamente. Por isso a Berkshire continua subindo. Se quiser entender melhor, é esse racional que explico nesse meu artigo: http://investidor-inteligente.com/como-escolher-as-melhores-acoes-para-investir/

      Sobre o desdobramento ou agrupamento de ações, são operações matemáticas apenas, uma situação específica que nada tem a ver com a ação ser cara ou barata.

      Obrigado pelo comentário e pela dúvida, com certeza pode ajudar outras pessoas. Abraço!

  • Noracir

    Gostei! Simples e principalmente descomplicado!!
    Vou acompnahr seus artigos, sempre com objetivo de aprender muito.
    Muito sucesso à voce com seu trabalho!
    Grato e atenciosamente
    Noracir

    • Obrigado por comentar, Noracir. Também desejo muito sucesso a você em seus investimentos.

      É só o começo… Então, continue acompanhando!

      Abraço.

  • VITAL

    Parabéns
    Ótimo artigo

  • Carlos valente

    opa, foi um prazer a leitura. Poderia se dar bem como escritor. Parabéns, gostei. Boa sorte.

    • Opa, Carlos! Muito obrigado pelo elogio, fico feliz em receber seu comentário!

      Continue acompanhando! Abraço!

  • gabriel ceh

    Muito bom o artigo. Ele foi de grande importancia para mim. Atualmente ando estudando acerca de varios tipos de investimentos e andava meio aflito acerca de investimentos de ações. De uns 8 meses para hoje estudo diariamente afim de melhorar meu conhecimento na area de economia e finanças, pois antes disto me limitava apenas a tão popularmente conhecida caderneta de poupança, que hoje consigo ver que não é nada vantasojo para mim e me pergunto como consegui perder dinheiro por tanto tempo neste tipo de aplicação. Hoje vejo diferente, ja tenho uma estrategia de investimentos que mesmo que seja de forma timida, mas já é muito melhor. A Açoes seriam o proximo passo de investimento e eu precisaria e ainda preciso de estudar mais, seu artigo me alertou o que eu começei a pensar de forma errada. Parece que agora coloquei o ” trem no trilho” e pretendo consegui atingir meus objetivos, e estudar nunca é de mais. Ficarei atenado nos proximos artigos e estarei esperando pelos proximos.

    • Olá Gabriel,
      Fico feliz que esse artigo tenha te ajudado a colocar as idéias um pouco no lugar ;)
      Você está no caminho certo… poupança não é nem de longe o melhor investimento! Procure montar uma carteira que envolva títulos de renda fixa, dólar, ações pois assim você cria uma carteira mais blindada aos ciclos econômicos. Obrigado por comentar e continue acompanhando! Abs.

  • Dirceu A. L. Lopes

    Importante. Como iniciante me acrescentou mais conhecimentos.

    • Olá Dirceu,
      Obrigado por comentar, fico feliz que esteja te ajudando!
      Abraço!

  • Ronaldo Gomes Lima

    Bom dia Lucas,

    Acabei de ler seu artigo e gostei demais. Esclarecedor e tranquilizador também.
    Já baixei o e-book e vou começar a ler para obter maior base e iniciar as atividades no mercado.

    Agradeço a disponibilidade e desapego em prestar serviços num mercado tão movido a valores, como esse da educação financeira.

    Abraço e sucesso pra todos nós.

    Ronaldo

    • Oi Ronaldo,
      Fico feliz que tenha gostado, procurei ser o mais simples e didático possível. Já passei por isso e sei como tudo parece ser um tanto complicado no começo, mas você está no caminho certo! Continue acompanhando…
      Abraço!