Calculadora Tesouro Direto: Como utilizar e simular seus ganhos!

Muitos investidores que começam a trilhar seu caminho no mundo dos investimentos acabam optando como, seu primeiro investimento, algum dos títulos do tesouro direto. Não é por acaso. Hoje o tesouro direto é uma plataforma muito prática onde os investimentos oferecidos apresentam um risco muito baixo, favorecendo aqueles que ainda tem receio em retirar suas economias da poupança. Apesar de toda essa mudança um dos maiores desafios do investidor acaba sendo, na realidade, lidar com as imensas dúvidas que surgem ao tentar simular seus ganhos. Que cálculo usar? Como introduzir os juros compostos na conta? Como avaliar o ganho sem as taxas?

O que muitos talvez não saibam é que não é necessário fazer todo o operacional sozinho. Hoje, a calculadora do Tesouro Direto nos dá o norte necessário para termos uma ideia do desempenho que teremos com a aplicação!

Primeiros-passos

Ao entrar na página da calculadora do tesouro direto, você irá se deparar com esta tabela:

Ela mostra os títulos do tesouro que estão sendo disponibilizados no mercado. O bom é que você já pode ter todas as informações diretamente no site, sem ter que se preocupar em decorar as características do título do qual quer investir!

Agora, embaixo dessa tabela, há a calculadora tesouro direto:

Será esta calculadora que irei ensiná-los a usar neste artigo!

Usando as funções básicas

Para explicar para você, escolhi o título destacado a seguir:

Tesouro IPCA + 2024 (NTNB Princ) 15/08/2024 5,50 R$40,96 R$2.048,44

Explicando como usar a calculadora tesouro direto em passos…

1º Passo: Escolher o tipo de investimento. 

O que primeiro temos que fazer é escolher qual título de investimento é o que queremos. No nosso exemplo, eu utilizarei o Tesouro IPCA (NTNB Princ.).

2º Passo: Escolher a data de compra e vencimento

Neste caso, o que é recomendado fazer é escolher a data atual como a “data de compra” e a data de vencimento do título para colocar em “data de vencimento”. Obs: se você planeja comprar somente no futuro, pode colocar esta data ao invés da data atual, mas, no caso da data de vencimento, caso queira resgatar antecipadamente, o ideal é utilizarmos a simulação avançada, que se encontra na parte inferior da calculadora.

3º Passo: Colocar o valor a ser investido

O detalhe aqui é colocar o valor total. Infelizmente, ela não permite calcularmos também com efeitos de aportes mensais, até porque, no caso de títulos como o IPCA e o Prefixado, podemos encontrar rentabilidades diferentes de mês em mês. Portanto, irei utilizar o valor de R$100.000,00.

4º Passo: Colocar a taxa do papel na compra

Esta taxa é a taxa de rendimento que aparece na tabela acima da calculadora. Para o caso do nosso exemplo, é a taxa de 5,5%.

5º Passo: Colocar a taxa de administração do banco/corretora

O detalhe é que aqui NÃO é a taxa de administração CBLC. Como as instituições estão cada vez mais adotando taxa 0 para o tesouro, irei colocar 0 também para a nossa simulação.

6º Passo: Colocar o adicional dependendo do título escolhido

No caso, este passo aparece diferente dependente do título escolhido. Como eu escolhi o Tesouro IPCA, a calculadora também pede a informação da inflação que se deseja ter como base. Irei usar o IPCA acumulado de 2016: 6,58%.

Caso tenha seguido todos os passos conforme os que eu descrevi, chegará nesta situação:

Agora é só ir em “Calcular”!

Visualizando o resultado

Após clicar em “Calcular”, uma tabela aparece abaixo da calculadora, onde é possível visualizar o resultado obtido com a simulação. No meu caso, o resultado foi este:

E foi fantástico! Seguindo a simulação, iremos obter um retorno de aproximadamente 107,7% em relação ao nosso investimento inicial!

Se levarmos em conta que poderemos estar investindo valores adicionais mensalmente no tesouro, é possível melhorar ainda mais esse rendimento!

Você pode, ainda, testar cenários diferentes e até mesmo vendas antecipadas do título na calculadora.

Como os investimentos que tem uma taxa pré-fixada tem oscilações no preço de compra e venda, essa ferramenta se torna muito útil para principalmente aqueles que planejam “brincar” com os ágios e deságios do tesouro!

Aqui vai um aviso

Ainda que a rentabilidade possa animar, é importante entender que só a simulação, muitas vezes, não basta. É muito importante buscar conhecimento sobre o investimento que você está buscando. No tesouro não é diferente.

Alguns títulos podem se sobressair em relação a outros quando falamos de diferentes situações na economia, e o conhecimento sobre as especificidades de cada um dos títulos faz muito sentido para o investidor.

Pensando nisso, neste link você pode encontrar informações sobre como entender melhor cada um dos títulos!

 

 

Nicole Lima

Completamente apaixonada por arte, finanças, chá de hortelã e comunicação. Nicole Lima é formada em Publicidade e Propaganda pela PUC Minas. Trabalha com comunicação estratégica e marketing no Bússola do Investidor.