Bolsa de Valores: análises indicam o melhor momento para investir

Você já sabe qual a importância de uma boa análise da Bolsa de Valores?

Ouvimos falar no noticiário todos os dias sobre a cotação do dólar ou sobre as ações de empresas importantes, como a Petrobras. Grande parte das pessoas sabe que muitas situações que acontecem ao redor do mundo influenciam a economia do planeta.

Contudo, nem todo mundo sabe como acontece esta dinâmica no Mercado Financeiro. Com isso, surgem dúvidas sobre como saber a hora certa de investir. Afinal, ninguém quer perder uma chance excelente de realizar lucros.

Investidores iniciantes e interessados em começar a operar na Bolsa de Valores costumam cometer o equívoco de achar que aplicar nesta modalidade depende apenas da sorte. Mas poucos sabem realmente quais ferramentas usar para embasar suas decisões.

analise da Bolsa de Valores

Uma coisa é certa: mesmo quem não compreende ao certo como a Bolsa funciona, sabe que é um ambiente que oferece muitas oportunidades de negócio.

Mas a dúvida frequentemente aparece: como é possível saber quando e onde investir dinheiro no Mercado de Ações, sem contar apenas com a sorte?

A resposta é simples: o investidor deve basear suas decisões em uma avaliação de dados. Informações, fatos e estudos de probabilidade devem ser conjugados para fornecer um panorama do mercado para determinado ativo em um certo momento.

Afinal, como identificar o melhor momento para investir?

Investidores inteligentes e profissionais do mercado fazem uso de ferramentas para encontrar oportunidades de negócio. Elas podem ser entendidas em duas vertentes: análise fundamentalista e análise técnica de ações.

A primeira categoria é mais indicada para investimentos de longo prazo. Isso porque ocorre a avaliação de aspectos financeiros e corporativos de uma empresa, como sua governança, seu potencial de crescimento e seu quadro administrativo. Deste modo, é possível determinar se ela apresenta boas perspectivas no longo prazo, indicando que adquirir ações daquela companhia pode ser um bom negócio.

A análise fundamentalista bem feita também observa a relação da empresa com o mercado, seu setor de atuação e quais indicadores econômicos podem afetá-la. Entre outras coisas, proporciona dados importantes para possibilitar um estudo comparativo entre a empresa e suas concorrentes. Assim, ela permite ver com clareza qual é a situação financeira e operacional da companhia.

analise da Bolsa de Valores

O outro tipo de análise da Bolsa de Valores, chamada de técnica ou gráfica, é mais usado por investidores que operam no curto prazo e no Day Trade.

Ela é ideal para mostrar aos investidores qual o cenário mais provável de acontecer com o preço das ações. Isto é, se há expectativa do valor subir ou cair em certo espaço de tempo.

Através de um conjunto de indicadores, como Índice de Força Relativa, Bandas de Bollinger e Médias Móveis, é possível identificar o melhor momento para comprar ou vender a ação que está sendo estudada.

Assim, essa ferramenta encontra tendências no comportamento dos compradores e vendedores, lançando mão de uma observação minuciosa focada em dados e estatística, para descobrir qual o cenário mais provável de ocorrer no futuro próximo.

De que forma as análises da Bolsa de Valores facilitam a tomada de decisão?

Como já foi dito, a dinâmica econômica mundial pode influenciar o preço de um ativo. Mas o que realmente determina o preço é a forma com que os investidores entendem e agem a partir da interpretação dos acontecimentos.

Assim, as tendências identificadas irão servir como um guia para que os investidores possam decidir onde e quando vão aplicar seu capital. Isso faz com que cada um possa manter sua estratégia de investimento, potencializando os resultados positivos.

As análises da Bolsa de Valores também ajudam na hora da tomada de decisão porque podem auxiliar o investidor a valorizar seu dinheiro e evitar perdas excessivas. Um investidor inteligente está sempre atento ao que acontece no Mercado de Ações e utiliza essas ferramentas para evitar ser pego de surpresa, caso haja uma mudança de cenário.

Outra vantagem do uso dessas ferramentas é que elas dão mais agilidade ao investidor. Uma vez que os padrões identificados não duram para sempre, quem investe deve estar atento para aproveitar as oportunidades no momento correto.

Por isso mesmo, a decisão de comprar ou vender um ativo não deve ser feita por impulso. As análises são um recurso que pode e deve ser usado pelo investidor para nortear sua visão estratégica.

Por fim, é preciso deixar claro: as análises da Bolsa de Valores não conseguem prever o futuro. Essa avaliação do momento do mercado só é possível a partir de um compilado de informações e de fundamentos de estatística. Isso significa que não se pode dizer com certeza o que vai ocorrer. Mas é possível identificar o cenário com maior probabilidade de acontecer e, claro, tirar bom proveito disso.

Márcio Placedino é membro da equipe do Toro Radar desde 2010. Estudou Administração de Empresas no IBMEC. Possui certificação de Planejador Financeiro CFP®, é Consultor de Valores Mobiliários registrado na CVM e Analista CNPI-T registrado na APIMEC.